Ao falar que está sem contrato com gravadora, Iggy Azalea recebe proposta de produtora de filmes adultos e responde comentários machistas

Isso que é ser requisitada!

Como havíamos falado aqui, ontem (03/11) Iggy Azalea anunciou via Twitter que havia saído de sua atual gravadora a Island Records, e estava completamente livre de qualquer contrato.

Uma das grandes vantagens no qual comemorou foi o fato de que poderia lançar qualquer música que quisesse sem ter aprovação ou reprovação de ninguém, principalmente de empresários mercenários.

http://5jc.0a9.myftpupload.com/iggy-azalea-rompe-seu-contrato-com-a-gravadora-island-records-oficialmente-sem-assinatura/

E não demorou muito para as propostas de trabalho acontecerem.

Uma produtora de filmes adultos americana chamada Bang Bross, convidou Iggy para participar de seu catálogo de produções. Confira:

“VOCÊ DEVERIA ASSINAR COM OS NÓS! ASSPARADE NUNCA SERIA O MESMO”

Ao receber inúmeros comentários de homens sobre a proposta, a cantora usou o Instagram furiosa para criticar o machismo impregnado na forma de vê-la como um objeto sexual, apagando logo em seguida:

“Por que os homens acham que é certo assediar mulheres online? Não quero trabalhar com sexo. Aprendam consentimento. Aprendam respeito. Isso é nojento”

Vocês acham que a australiana deveria aceitar?

Por enquanto, não temos muitas informações sobre música nova dela. Agora, com as coisas resolvidas burocraticamente, Iggy nos deve preparar algo que suceda o “Survive The Summer”, lançado em meados desse ano.