Anitta rebate acusações sobre "fazer clipes na favela com o cabelo enrolado e pele mais escura"

Anitta tem mais um lançamento para fazer nos próximos dias. A cantora estará em “Muito Calor”, single do porto-riquenho Ozuna, cujo clipe foi gravado em maio numa comunidade do Rio de Janeiro.

Anitta divulga datas de sua nova turnê internacional

Com a divulgação do teaser da produção, muitas pessoas começaram a repetir aquela mesmas acusações de sempre: a de ela sempre fazer clipes na favela e também sempre utilizar o cabelo crespo nessas produções.

A carioca então fez um grande texto rebatendo as acusações, dizendo que o único clipe dela na favela é “Vai Malandra” e que nos outros ela foi convidada. Ou seja, ela não tinha controle nenhuma das escolhas feitas pelos artistas e pelos outros envolvidos.

Anitta reflete tempos de solteira: "Saio transando com qualquer coisa que cruze meu caminho"

A Anitta também falou sobre o cabelo enrolado, afirmando que, quando era criança, era muito mais crespo que no vídeo e que os produtos que ela usou na adolescência que deixaram ele mais liso. Ela ainda defendeu “Onda Diferente”, que ela afirma ser um sucesso, inclusive fora do Brasil.

Confira: