Anitta fala sobre descriminalização do aborto: "não abortaria pelas minhas crenças, mas defendo"

Em uma entrevista recente, Anitta comentou vários assuntos delicados, entre eles a polêmica sobre a descriminalização do aborto. Segundo Anitta, não abortaria por conta de suas crenças religiosas, já que se afirmou espírita e tem as questões de reencarnação e karma. Porém, a cantora apoia o direito de escolha das mulheres.

“Se acontecesse de engravidar agora, paciência. Não abortaria, pelas minhas crenças religiosas. Sou espírita, acredito em questões de reencarnação, karma, etc. E também não teria motivo. Sou saudável, tenho como sustentar. Mas defendo a descriminalização, total. Acho que as pessoas têm que ter o direito de agir conforme as crenças delas. Não é porque acredito em X que todo mundo tem que acreditar igual. Acho que quem não está a fim de ter um filho precisa ter a opção de fazer isso com segurança.”

Na mesma entrevista, Anitta demonstrou a vontade de ser mãe, ter a casa cheia e se aposentar dos palcos aos 30 anos. Segundo a cantora, ela pretende dar uma desacelerada em 2023 e começar a focar na vida pessoal.

SERÁ? Anitta quase ficou com o lugar de IZA no The Voice Brasil

Atualmente, Anitta vem participando de várias lançamentos internacionais, como “Fuego“, com o DJ Snake. A cantora também demonstrou interesse em lançar uma música com Cardi B, afirmando ser sua parceria dos sonhos.