Anitta diz não temer ameaças e perda de patrocínios após manifestação sobre queimadas na Amazônia

Quem acompanha a Anitta no Instagram conferiu na última quarta-feira (21) os inúmeros stories que a cantora fez em prol da Floresta Amazônica, que vem sofrendo com grandes queimadas. Dessa vez, sem silêncio ensurdecedor, a carioca responsabilizou os agropecuaristas e expôs os interesses por trás da exploração a Amazônia.

De quebra, Anitta destacou as mortes de ativistas e disse não temer às retaliações.

“Eu gostaria aqui de deixar um recado que estou cagando e andando a quem tá afim de me silenciar. Esse vídeo meus fãs vão botar no YouTube. E estou me lixando para vocês. Caguei se vocês têm milhões em dinheiro”.

http://5jc.0a9.myftpupload.com/em-entrevista-anitta-elogia-pabllo-vittar-ela-canta-melhor-do-que-eu/?fbclid=IwAR0AbilfpWg8Fyu9z-FmEg1TWNcreNI3M7NSPWwHUE8iY9dV9vgVX4enn7k

A ex-moradora de Honório Gurgel também falou sobre os patrocinadores que, simplesmente, abandonam artistas apoiadores das causas ambientais. No entanto, ela diz não se importar com esses “poréns” e que vai assumir as consequências do seu posicionamento.

“O que acontece com artistas que defendem essas causas? Eles perdem patrocínio. Eu queria dizer a minha equipe, meus funcionários, que podem ficar apavorados de que possamos perder patrocinadores. Gente, se a gente perder, eu estou disposta, não estou com medo disso. Pode ser que aconteça. Não é meu medo nesse momento. Minha preocupação é hoje usar a minha rede para explicar para essa gente que não entende”.

A relação de Anitta com a proteção ambiental não é de hoje. A amizade com Luisa Mell fez com que a cantora se aproximasse das questões ambientais e até adotasse a dieta vegana. Veganismo à parte, é necessário reconhecer e agradecer o apoio da intérprete no momento em que as políticas ambientais se mostram tão enfraquecidas.