Alguns momentos internacionais e nacionais nas favelas do Brasil para mostrar a Azealia Banks que internet aqui não é problema

As festas do início de 2017 não foram os únicos assuntos deste fim de ano na internet.

Nesta última noite de domingo (1), Azealia Banks travou uma verdadeira guerra com os brasileiros em sua página no Facebook. Em várias publicações, a rapper resolveu “atacar” os haters brasileiros – que vão no seu espaço na rede social sendo racistas ou misóginos com sua imagem – se referindo ao país como “escória de terceiro mundo”.

E mais que isso. Duvidou até que existia internet nas tradicionais favelas do Brasil. Tudo bem que não existe justificativa nenhuma para piadas, xingamentos racistas ou que depreciem sua imagem de maneira preconceituosa, mas precisava de tanto? E ainda generalizar?

Sem contar que: em meados de 2016, Banks realizou um show por aqui para fãs e foi super bem recebida.

“Eu pensava que não existia internet na favela” – respondeu rapper em um comentário de sua página a brasileira.

 

Ela podia estar debochando, mas os internautas brasileiros em peso sentiram na pele e não deixaram barato, organizando “vomitaços” em sua página, muito mais comentários negativos e promovendo seu nome em locais como o Twitter, onde depois do episódio das galinhas, ela se tornou um dos assuntos mais comentados de novo na rede de micro-blogs.

Pois bem, estamos aqui para divulgar e enaltecer nosso “país de terceiro mundo sem internet”.

Somos muito fãs de Azealia Banks, e seu talento é INEGÁVEL. Seus últimos trabalhos foram muito bem avaliados e suas apresentações ao vivo são espetaculares. Porém, vamos relembrar momentos de pessoas que não julgam nosso país pela economia e conexão de rede sem fio?

Sim, temos Wi-Fi nas favelas e mais que isso, muitos talentos e extrema visibilidade. Tanto que artistas internacionais simplesmente se apaixonaram pelas ruas estreitas e becos de várias cortiços, gravando videoclipes e projetos por aqui.

Vamos lá!

Michael Jackson – They Don’t Care About Us

Lançada em 1995, não só a música foi trabalhada pelo grupo de percussão Olodum como também seu videoclipe foi gravado no Pelourinho, na Bahia e na Favela de Santa Marta, no Rio de Janeiro. Mesmo com as polêmicas em torno da não autorização inicial da gravação – já que o governo temia que a pobreza dos locais fosse destaque internacional – a mensagem de busca pela liberdade da canção foi entendida e hoje o videoclipe é um dos símbolos de grandes estrelas e o afeto pelo país.

Beyoncé e Alicia Keys – Put In A Love Song

O videoclipe tão falado, mas nunca lançado. Infelizmente, a produção de Alicia em parceria com Beyoncé foi engavetada por diferenças criativas que acabaram cancelando o projeto. Assim como Michael, elas também gravaram a produção na favela de Santa Marta no Rio, em meados da última década. Apesar de nunca vermos sequer uma prévia da versão finalizada, várias fotos delas no local e também vestidas como passistas de carnaval deixaram os fãs desconsolados com o não lançamento.

Lady Gaga no Brasil em 2012

Com a passagem da turnê “Born This Way Ball” no Brasil em 2012, Lady Gaga usou alguns dias de sua estadia no Rio de Janeiro para visitar o que a cidade tem de melhor. Durante visita – movimentada – a comunidade do Cantagalo, ela tomou cerveja no barzinho, andou na famosa mototáxi e ainda jogou futebol com algumas crianças no local, o suficiente para virar notícia no mundo todo graças a sua simplicidade e amor com os que queriam a conhecê-la por lá.

Rihanna e gesto de carinho com fã no Brasil

Há alguns anos, Rihanna veio especialmente ao Brasil para realizar um ensaio para a revista VOGUE do país. Apesar de não ter sido nas famosas favelas, ela fotografou em Angra dos Reis, no estado, e usou casa de moradora humilde para se preparar para a sessão. Além de tirar foto com ela, a moradora ainda relatou que Riri tirou as sandálias em um gesto de afeto e valorização do trabalho da mulher antes de entrar na casa, para não sujar nada.

T.I Ft. Iggy Azalea – No Mediocre

Em 2014, T.I e Iggy Azalea vieram ao Rio para as gravações do videoclipe do novo single do rapper na época, a faixa “No Mediocre”. Além de tudo ter dado super certo, várias pessoas da comunidade participaram do clipe e ajudaram na gravação em alguns dias na favela. Iggy também agradeceu a hospitalidade de todos e ficou maravilhada com o público.

Beyoncé – Blue

Os fãs brasileiros de Beyoncé tiveram uma surpresa em dose dupla em 2013: além do disco que seria lançado no dia 13 de dezembro daquele ano, a cantora homenageou o nosso país com o lindo clipe de “Blue”, feito para sua pequena filha, Blue Ivy. As cenas sublimes e tratadas com carinho das favelas do Rio e das pessoas trouxeram uma humanização incrível e consequentemente o melhor final do material de Bey, já que “Blue” fecha a lista de faixas do álbum “BEYONCÉ”.

Black Eyed Peas – Don’t Lie

O BEP também esteve em favelas para gravar seus clipes. No Morro Dois Irmãos, eles filmaram a produção para “Don’t Lie”. O destaque também vai para a Escola de Artes Visuais do Parque Lage.

Snoop Dogg e Pharrell – “Beautiful”

Os rappers e cantores de R&B também são fascinados pelo nosso país, principalmente as favelas. Com Pharrell, Snoop gravou o vídeo de “Beautiful”. No vídeo, ele posa de chefão, mostrando não só as comunidades, mas o que o Rio tem de melhor.

Bonde das Maravilhas

O nosso funk carioca também merece todo o destaque. Em 2012, cinco garotas vindas de comunidades humildes da favela lançam o “Aquecimento das Maravilhas”, em clipe gravado em praia carioca. O passo peculiar do “Quadradinho de Oito” rendeu as meninas um grande sucesso e ainda vários clipes consequentes, sempre com passos de dança inovadores.

Mc Carol

Certamente uma das melhores artistas vindas da comunidade. Com seu funk ainda “amador” no começo da carreira com letras super feministas, Carol levantou a bandeira em 2016 lançando o seu primeiro álbum, “Bandida”, com produção do badalado Leo Justi”. “100% Feminista” e “Delação Premiada” são grandes destaques, onde ela prova o poder da mulher negra empoderada ao lado de Karol Conká e a hipocrisia e brutalidade policial nas favelas, respectivamente.

Nego do Borel

Representando os artistas masculinos em destaque em 2016 vindo das comunidades, Nego é uma das apostas para 2016. Vindo do Morro do Borel, ele lançou em 2015 o álbum “Nego Resolve”, em contrato com a Sony Music, após grande sucesso de sua parceria com o Bonde das Maravilhas – Brincadeira das Maravilhas – e o seu hit nacional “Os Caras do Momento” de 2012.

>>> Já segue o PFBR no Facebook? Não? Tá perdendo varias novidades. Deixa seu like!

>>> Sabia que a gente tá comentando tudo sobre BBB no Twitter? Vem!