Alex Magno une música e artes plásticas na Casa Mostra Design

A Casa Design é uma mostra de arquitetura, design, paisagismo, decoração e artes plásticas, que reúne projetos de profissionais renomados. Desde de 2003, o evento acontece em Niterói, atuando também na Região dos Lagos, Petrópolis e Juiz de Fora. Pela primeira vez, a Casa Design chega ao Rio de Janeiro, em Botafogo, até o dia 17 de julho. Além disso, é a primeira vez também que recebe um artista plástico, Alex Magno, em um espaço independente, chamado “Espaço Atelier” criado pelo curador da Casa Design, o arquiteto Marcelo Reis, em que estão expostos os 7 quadros de Alex, além de um TV que passa o documentário explicando sobre o projeto e sobre o artista.

“Exponho neste espaço as obras de artes executadas por mim, em Pastel Seco sobre diversas superfícies de papel, como: Papel Couro, Panamá, entre outros.  Na Casa Design, as pessoas vão poder conhecer as obras que fazem parte do Projeto “Roda de Telas ao Som do Samba”. Receber esse convite foi uma honra. O projeto “Uma Roda de Tela ao Som do Samba” foi iniciado a partir de uma vontade que tinha de organizar minhas obras musicais com meus parceiros de composição. Chamei o Maestro Paulo Salvador (Ratinho da Cavaco), grande parceiro de Almir Guineto, para fazer os arranjos. Assim, iniciamos as gravações antes da pandemia e fomos interrompidos por ela. Mas voltamos com força total. A ideia era juntar para esta gravação várias gerações do samba. Chamamos Ademir (Fundo de Quintal), Grupo Malacacheta, músicos do Exporta Samba, Binho (percursionista do Pique Novo), o grande amigo Milton Manhães (Produtor Musical do disco “Raça Brasileira”), Andinho (percursionista de artistas da nova geração), Carlão 7 cordas (Portela), Claudia Cruz, entre vários outros músicos que se envolveram com meu trabalho”, conta Alex Magno, médico e artista plástico expositor na Casa Design.

Em sua trajetória, Alex Magno é compositor, músico, artista plástico e médico cirurgião geral. Cresceu em Bento Ribeiro vivenciando o samba através de compositores das escolas de samba Portela e Império Serrano, amigos de seu pai. Mesclar o universo da música com a poesia da pintura sempre foi o objetivo do médico-artista, que tem suas obras expostas na mostra Casa Design através do projeto Uma Roda de Telas ao Som de Samba.

“Trouxe para a Casa Design um espaço exclusivo para uma experiência visual, auditiva e sensitiva. Saí totalmente da zona de conforto para apresentar meu trabalho para o maior número possível de visitantes e também mostrar que a arte precisa ser acessível a todos”, explica Alex.

Uma Roda de Telas ao Som do Samba

Ao unir suas habilidades de compor e desenhar, resultando então no projeto “Uma Roda de Telas ao Som do Samba”, pela Radar Records Brasil, Alex lançou uma faixa com sua tela por mês, tendo até o momento 7 músicas e telas lançadas.

Sobre as telas, o artista é um dos poucos brasileiros a trabalhar exclusivamente com pastel seco, uma das técnicas mais complexas da pintura, por não ser possível apagar em caso de erros.

>>> Curta o PFBR no Facebook

>>> Agora no @oficialpfbr

Carregar mais tweets