A verdade: DJ confirma que ele e vários outros boicotaram de propósito Nicki Minaj nas rádios em 2018

Quando Nicki Minaj acusou a indústria do entretenimento em peso de tentar lhe boicotar, seja nas paradas com as vendas do álbum “QUEEN” ou os singles do trabalho, muitos a taxaram de “louca” ou “desequilibrada”, mas agora, parece que a verdade está vindo à tona para o lado dela.

Além do fato de muitos rumores apontarem que a Atlantic Records queria dar contratos a rappers femininas novatas apenas para criar rixas midiáticas com Nicki e Iggy Azalea, Minaj também expôs ano passado alguns DJs que queriam, digamos, “regalias íntimas” e mídia na confusão dela com Cardi B, para poder tocar suas faixas nas rádios. Com isso tudo negado, já que Onika não queria confusão e buzz negativo para sua carreira, eles começaram a menosprezar seu trabalho.

http://5jc.0a9.myftpupload.com/ue-drake-e-nicki-minaj-se-dao-unfollow-no-instagram-e-meek-mill-cardi-b-e-travis-scott-podem-ser-o-motivo-entenda/

O DJ Envy, da Power 105.1fm foi um deles. A própria Nicki, em resposta a fã, afirmou que Envy começou a boicotá-la na rádio porque ela “se recusou a ficar com ele”. E depois disso, vários outros profissionais dessas estações se juntaram com o DJ para atacar Minaj e ainda deixar de tocar suas canções.

E isso se confirmou esta semana…

Envy revelou que realmente boicotou Minaj por uma série de desavenças com a cantora em 2018, além de querer colocar mais “lenha na fogueira” no conflito entre Onika e Cardi B, sem sucesso.

https://twitter.com/_GOODFORM/status/1092452957696770049

Os fãs ficaram revoltados com a declaração, acusando-o de ser misógino contra rappers negras mas, digamos, “passar pano” para artistas masculinos de Hip-Hop.

“DJ Envy boicota a Nicki Minaj por meras palavras e não esses rappers que são estupradores e abusadores. Bem típico.”

“Ele é muito fraco! Vocês fingem felicidade em ver uma mulher negra bem-sucedida cair, por mera mediocridade!”

Nicki sempre foi contra duas coisas na indústria do rap: a primeira é a payola, o famoso “jabá” dado das gravadoras para rádios e serviços de streaming para colocar um artista no topo ou tocá-lo várias vezes seguidas, fazendo que suba nos charts de maneira desonesta.

A segunda são os compositores fantasmas e artistas que não compõem os próprios raps e querem bater de frente com ela. Em “Going Bad”, remix lançado neste fim de semana por ela no #QueenRadio, Nicki deixa um recado bem claro para artistas que a veem como inimiga mas não conseguem escrever suas faixas, deixando esse trabalho para compositores que não são creditados no trabalho final para dar espaço para esse “artista”.

http://5jc.0a9.myftpupload.com/a-dona-do-rap-no-queenradio-nicki-minaj-revela-que-novo-album-esta-pronto-e-compartilha-versoes-para-faixas-de-mike-will-drake-lil-baby-e-gunna/

Enquanto isso, ela também confirmou que seu novo álbum, o quinto de sua carreira, já está pronto e o primeiro single deve ser lançado a qualquer momento.