"A diversidade racial ainda não é um assunto quente", Viola Davis dá discurso poderoso após vitória no SAG Awards

As passagens e vitórias de Viola Davis por premiações de renome da dramaturgia mundial vem sendo recheadas por discursos sobre empoderamento e diversidade.

Viola ganhou ainda nesta última noite no SAG Awards o prêmio de “Melhor Atriz de Série de TV em Drama” por seu papel em ”How To Get Away With Murder” e na sala de imprensa falou sobre a representatividade dos atores negros em Hollywood, que por mais que venha crescendo, ainda não é um assunto que está sendo tratado como algo “quente” ou que mereça atenção tanto como o espaço para pessoas brancas.

LOS ANGELES, CA - JANUARY 30: Actress Viola Davis, winner for Outstanding Performance By a Female Actor in a Drama Series 'How to Get Away With Murder' poses in the press room during the 22nd Annual Screen Actors Guild Awards at The Shrine Auditorium on January 30, 2016 in Los Angeles, California. (Photo by Todd Williamson/Getty Images)

“Estamos vivendo em uma sociedade de assuntos quentes e a diversidade não faz parte disso, definitivamente não”, disse ela. “Eu posso interpretar qualquer personagem por Chekhov, Shakespeare ou Miller”, sorriu orgulhosamente acrescentando: “Todos os atores negros não devem colocar em hipótese alguma limitações sobre si mesmos. Independentemente do que está acontecendo com a Academia e Hollywood, nós sempre encontraremos uma maneira de sermos excelentes naquilo que fazemos. Nós sempre teremos isso e sempre seremos o que quisermos”, termina.

Há algumas semanas, Viola Davis falou sobre a polêmica em torno da alegação de “enbranquecimento” do Oscar, afirmando que antes dos nomeados, é preciso olhar para Hollywood, e ver que a representatividade de raça lá é bastante complicada e não tem a devida atenção do público.

>>> Curta o PFBR no Facebook

>>> Agora no @oficialpfbr

Carregar mais tweets